quinta-feira, 24 de junho de 2010

Abrasion - Abrasion (2001)

Abrasion - Abrasion (2001)
Track List: 1. Master of Illusions 2. Into the Night 3. Revolution 4. What's Destiny? 5. Merlin's Apprentice 6. XVIII 7. Don't Run for dyin' 8. The Last Way 9. Face your Fears and Live your Dreams
Line Up: Marcelo Morato - Vocals Aldo Carmine - Guitar Romão Valladares - Bass Alex Melo - Drums Fechando a semana que procurou ilustrar o que vem sendo destaque na prolífica cena atual Hard/Heavy brasileira apresento-lhes o Abrasion, banda de Heavy Metal tradicional formada em São Paulo em meados dos anos 90 pelos primos e hoje ex componentes Aldo Carmine (guitarra) e Alex Melo (bateria). Durante sete anos batalharam pelo lançamento de seu debut auto intitulado lançado em 2001 pela Mega Hard Records, hoje infelizmente fora de catálogo. A linha musical seguida pelo Abrasion é tocar o rock pesado o mais tradicional possível com fortes influências de Judas Priest e Iron Maiden segundo afirma a própria banda. Na época do lançamento do CD foram escritas várias notas na imprensa especializada como a Rock Brigade, Roadie Crew e diversos fanzines onde foram muito elogiados e considerados a melhor revelação daquele ano entre as muitas bandas independentes que surgiram. O grupo sofreu uma parada entre 2004 e 2007 mas voltou com carga total e tem se apresentado com sucesso na noite Paulistana, a capital do rock no Brasil e também vem percorrendo os diversos festivais no interior do estado, segundo eles é nas suas apresentações que os ouvintes podem sentir a força de sua música que contém, além do excelente repertório próprio, covers de clássicos essencias a formação musical de qualquer Headbanger. Atualmente o Abrasion vem batalhando na gravação de um novo CD ainda sem data para lançamento pois no Brasil não é fácil ser independente. Na minha opinião o Abrasion lançou um dos melhores albums da década quando se trata de Heavy Metal tradicional feito no Brasil, temos visto por ai uma certa onda de Power Metal melódico desde do surgimento do Angra e também de Metal Extremo, a mim parece que a cena atual perdeu aquela sintonia Oldschool que embalou os bangers com mais de trinta anos e isso você encontra no CD do Abrasion, sua música é pesada como feito no melhor dos anos 80, sem soar AOR ou o chamado farofa, tem muito Judas Priest e Iron Maiden? Tem sim, mas desde de quando isso é defeito quando se tem como influência seus maiores ídolos? A música quando feita com honestidade, qualidade e profissionalismo só tem a ganhar, esse disco do Abrasion é uma pedrada sonora no melhor sentido da palavra e é um disco que indico a qualquer um que admire o melhor do Heavy Metal, com uma produção excelente todo o CD é ótimo mas vou apontar como minhas prediletas a instrumental "What's Destiny?" e as maravilhosas "The Last Way", "VXIII", "Merlin's Apprentice" e "Don't Run for Dyin' ". Contatos com a banda pelo telefone (11) 6298-6516 ou pelo My Space. Divirtam-se. Baixe o CD aqui Nota: Vejo muitas críticas a atual cena musical brasileira, eu nem ligo muito porque mal ouço rádio convencional mas o que eu quero mesmo abordar nesse parágrafo é a falta de atenção ao que vem feito na cena musical brasileira, tem surgido diversas bandas excepcionais nos quatro cantos desse país na cena independente mas muitas não vão para frente por culpa do próprio público que hiper valoriza bandas internacionais em detrimento ao que é feito aqui. Conclui isso durante essa semana quando resolvi comemorar a vitória do Brasil na Copa iniciando a semana temática com bandas brasileiras, o número de downloads caiu enormemente e de comentários idem, isso não faz o menor sentido, se fosse uma banda européia iniciante teríamos centenas e dezenas respectivamente como foi o caso da sueca Mortalicum que bate mais de 300 downloads atualmente. O post da banda Omitha não recebeu um único comentário e apenas dez downloads foram feitos, isso é inédito no blog que conta com mais de oito mil acessos diários a maioria partindo do Brasil. Os brasileiros reclamam do rádio que só toca música de baixa qualidade e do preço do CD que é caríssimo mas nem quando o produto nacional é oferecido de GRAÇA se é dado o devido valor então só posso crer que o problema reside no preconceito e na ignorãncia. Essa foi uma contestação que tirei na pele durante a semana e que considero lastimável, só me resta repudiar e torcer para essa mudança de comportamento. Gostaria de dedicar a semana temática sobre Metal brasileiro ao Renato Menez e sua equipe da rádio Stay Rock que se dedica há anos na divulgação do Rock Nacional. E também ao meu amigo Paulão que além de divulgar o produto nacional em blog e rádio se esmerilha em trazer festivais de bandas independentes pro interior paulista. Duas iniciativas que tem como compromisso mudar o caótico quadro descrito acima. Bom fim de semana e vamos comer bacalhau amanhã, hehe. Observação: Eu sei que o Paulão já tinha postado, é lógico ja que ele que apresentou mas agora tá com novo link e um texto pequenininho de apresentação, hehe, é o negócio é divulgar, rs.

3 comentários:

A FERRO E FOGO disse...

SALVE DAGON. EXCELENTE INICIATIVA SÓ NÃO CONCORDO COM A NOTA RSRSRRS 2???? O ABRASION TOCA MUITO

Renato Stay Rock disse...

"Tem surgido diversas bandas excepcionais nos quatro cantos desse país na cena independente mas muitas não vão para frente por culpa do próprio público que hiper valoriza bandas internacionais em detrimento ao que é feito aqui."

Simples e direto Dagon!! O que não podemos fazer é desistir, porque a minoria faz a diferença. Espero que sempre continue com esta inicativa de mostrar bandas nacionais em teu blog que é dos maiores dentro do Hard & Heavy. Parabens fera!!!

STEVE HEAVYS disse...

DU CARALHO, DAGON! Tanto a banda como, as sábias palavras!!!