terça-feira, 27 de julho de 2010

Mauricio Mello & Companhia Mágica

“Rock’n’Roll Can Never Die” Década de 70, mais precisamente 1977... Eis que surge mais um grupo de músicos entusiasmados e ligadíssimos em Rock’nRoll. O jovem Mauricio Mello, fascinado pelo modo de cantar de Robert Plant, vocalista do mito “Led Zeppelin”, monta, então, a sua banda; de nome: MAURICIO MELLO & COMPANHIA MÁGICA. Despretensiosamente cheia de pretensão. Final de 1982... Vários shows depois e a Fluminense FM (na época, uma rádio especializada em rock) debutava e estava a todo vapor. Luiza Montez (empresária da banda “Sangue Da Cidade” e amiga de MAURICIO) leva uma fita-demo com duas músicas de MAURICIO e sua CIA. para a “Flu. Fm”, que foram imediatamente inseridas na programação: Reconhecimento instantâneo... Agora o Circo Voador era palco certo, garantido e esperado pelos fãs que lotavam os shows. Ainda no final de 82 Gregório Nogueira, produtor da WEA (atual Warner Music), depois de ouvir a banda, e impressionado com a qualidade, os convida para participar de um disco que seria uma coletânea, chamada: “Rock Voador”, com as bandas que mais faziam sucesso no Circo Voador (que aquela altura já era considerado “O Templo do Rock”). Nesse disco gravariam alguns dos artistas de Rock mais importantes da época e MAURICIO & CIA. entram com as músicas: Tenho que viver e Grão da Poeira. Daí em diante foi correr o Brasil fazendo shows; principalmente em Sampa e na região sul do país. Final de 1983... Não satisfeito apenas com o sucesso do “Rock Voador”, o produtor Gregório os convida a gravar um single com as músicas: Tubo e Adiós Good-Bye, que se tornaram sucesso absoluto. Já não se podia dizer que havia surgido “apenas mais uma banda de Rock” Resumindo: Século XXI, final de 2008... MAURICIO MELLO está de volta, a todo vapor, com a COMPANHIA MÁGICA, fazendo shows e com um CD pronto.
DOWNLOAD

Nenhum comentário: