terça-feira, 10 de junho de 2008

Destruction

Mais um excelente relançamento unindo dois dos melhores momentos da banda Destruction. O Destruction não é somente um dos maiores nomes do thrash alemão, ao lado do Sodom e do Kreator, mas sim, do mundo todo. O grupo formado no ano de 1983 por Schmier (baixo e vocal), Mike (guitarra) e Tommy (bateria) nasceu para ser forte, ganhando destaque e tendo oportunidades no começo de carreira que fazem inveja a qualquer banda.De cara somos sacudidos com a fantástica Mad Butcher, que porrada, seguida por The Damned, Reject Emotions e The Last Judgement, não pense que acabou por aí, agora é que começa a ficar bom ... a faixa seguinte é Course The Gods, o melhor momento do cd e com certeza da própria banda, é impossível não sacudir a cabeça até praticamente ela soltar-se do corpo com a força desta música, destaques também para as faixas Life Without Sense, United By Hatred e Confused Mind. Se você viveu a fantástica fase dos anos 80 o cd é peça indispensável em sua coleção se não viveu é a grande oportunidade de conhecer um dos melhores períodos da história do metal. Track list:
01.Mad Butcher 02. The Damned 03.Reject Emotions 04. The Last Judgement 05.Intro To Curse The Gods / Curse The Gods 06.Confound Games 07.Life Without Sense 08.United By Hatred 09.Eternal Ban 10.Upcoming Devastation 11.Intro To Confused Mind / Confused Mind

6 comentários:

Zakk disse...

Taí mais um que eu nao conhecia.. descendoooo....

abraço!!

Zakk!!


ah.. Let It Rock!

STAY ROCK disse...

Zakk!! Pode ir que é sonzeira!!
Abraço!!

Bruno disse...

PoooRRAAAA Stayy!!!!!
e
isso maravilhoso!!que play!!
esse eu tenho alias tenho tudo do Destruction,banda foderosa,Sonzeira no talo!!!
esse disco eu já ouvi mto...eita saudade...hahaha

Abraços,e vai com calma brother assim vc me mata!!!!rsrs

STAY ROCK disse...

cara...eu tb quero morrer de tanto ouvir rock´roll..hahahahaha!!

DAGON disse...

Mais uma banda que nunca ouvi, sempre fui muito ligado ao Hard 70 e Heavy tradicional, depois que criaram os rótulos no metal a coisa acabou se dividindo e tinha muita banda que só sabia gritar e tocar alto pra kct, lembro uma vez um texto sobre o Slayer na revista Metal onde o colunista dizia "Junte uma britadeira, um liquidificador no volume máximo e uma metralhadora, isso é o som do Slayer" e pior que o cara dizia isso elogiando, ai pensei porra pra que eu quero ouvir um monte d aparelhos barulhentos tocando no meu ouvido? hehe, ouvi alguma coisa desses vários rótulos do metal ao longo do tempo mas nunca me liguei muito, mas como o Stay comentou ai que o trem é bom vou colocar na fila e depois comento.

Abraço Stay

STAY ROCK disse...

É Dagon..eu tb sempre fui mais ligado ao hard/heavy... e ese negocio de rotular eu tb não ligo..pra mim é tudo rock... sou eclético..mas apesar da minha preferencia musical..eu me adapto aos estilos e acabo absorvendo coisas legais.
Um abração!!! E obrigado por estar acompanhando o blog!!