quinta-feira, 31 de março de 2011

João Penca & Seus Miquinhos Amestrados

Image and video hosting by TinyPic

01. Lágrimas de Crocodilo

02. Pop Star

03. Romance em Alto Mar

04. Papa Uma Ma (Papa Oom Mow Mow)

05. Como o Macaco Gosta de Banana

06. O Monstro (Do You Love Me?)

07. A Louca do Humaitá (Ring Around Your Neck)

08. Suga Suga

09. Perdidos no Espaço

10. Luau de Arromba

11. O Superstar (Breaking Up is Hard to Do)

12. Sem Ilusões

13. Calúnias (Telma Eu Não Sou Gay)

14. Matiné no Rian

15. Sparring

16. Banana Split

17. Universiotário

18. Ricota

19. Rock da Cachorra

20. Psicodelismo em Ipanema

O João Penca foi uma das bandas mais atípicas do rock brasileiro dos anos 80. Enquanto seus colegas buscavam se atualizar com a new wave e os teclados do tecnopop, esses músicos cultivavam um tipo de som bastante fora de rota, que juntava no mesmo saco surf music, rockabilly, jovem guarda, com um toque de picardia tipicamente carioca. A banda de Selvagem Big Abreu, Bob Gallo e Avelar começou acompanhando Eduardo Dusek no disco Cantando no Banheiro. De suas fileiras, fez parte incialmente o goiano Léo Jaime, autor do Rock da Cachorra (aqui em versão da banda de 1993), que logo saiu em carreira solo, mas não se distanciou esteticamente da banda (vide o LP Sessão da Tarde). O primeiro disco do João Penca, Os Maiores Sucessos de... saiu em 83 pela Ariola – infelizmente, suas faixas não puderam ser incluídas nesta que é a primeira coletânea da banda. Clássicos desse LP, como Calúnias (Telma Eu Não Sou Gay) (versão de Léo Jaime para Tell Me Once Again, da banda Light Reflections, que foi originalmente cantada por Ney Matogrosso) e Psicodelismo em Ipanema vêm de regravações do disco A Festa dos Micos (93). Os sucessos dos discos posteriores (exceto o S.O.S. Miquinhos), no entanto, estão todos no CD, com som remasterizado. Lágrimas de Crocodilo, Pop Star ("a sua mãe não percebe/ O feeling da minha guitarra no dez"), Matinê no Rian, Banana Split, Universotário (rockabilly sensacional em clima de Stray Cats) e a deliciosa A Louca do Humaitá (versão sacana de Abreu para sucesso de Elvis Presley, Ring Around Your Neck) comparecem ao lado de outras músicas não tão conhecidas, mas igualmente boas, como Luau de Arromba (que é o Festa de Arromba do Rock Brasil dos 80), O Monstro (versão do clássico da Motown Do You Love Me) e Ricota, música do repertório incial do Ultraje a Rigor, composta por seu então guitarrista Edgard Scandurra (do Ira!). Apesar da ingenuidade de algumas letras (o que parecia ser mais uma reverência à jovem guarda do que outra coisa), o som do João Penca foi um dos que menos envelheceu entre as bandas do Rock Brasil 80. Impecáveis corinhos em estilo doo-wop e um extremo bom gosto nos arranjos ajudaram suas músicas a chegar frescas a este ano 2000.

Um comentário:

SuperOnan disse...

João Penca e seus Miquinhos Amestrados...grande banda dos anos 80, rock nacional com irreverência, assim como Ultraje a Rigor, Joelho de Porco e Língua de Trapo.
Obrigado!